Histórias de uma família viajando de carro pelas três américas
.....................................................................................................................................................................................

8 de jan de 2011

Cá e lá... Num tiro só!

Desde Almirante, no Panamá, quando decidimos "voltar", a viagem mudou radicalmente.
Ficamos parados na capital panamenha e agora no Chile, com excessão do vôo até aqui e algumas escapadas nos arredores de Santiago, estamos "estacionados" há mais de 20 dias e isso pra quem está acostumado a uma rotina movimentada e cheia de novidades, é um saco!
Apesar de estarmos no bem-bom a mais de um ano, ninguém aguenta ficar bundando tanto tempo e, por isso, estamos chegando ao nosso limite, sem paciência pra nós mesmos (não nos aguentamos mais!), contando os dias pra chegar em casa, chegar no Brasil e com o pensamento na família, amigos, trabalho, escola, em colocar nossa vida nos eixos novamente.
O Elefante chega no domingo, na segunda tiramos do porto, fazemos uma faxina geral, trocamos o óleo (a última foi em Nova York!) e..... Toca pro Brasa!
Vamos tentar curtir o caminho pela Argentina, mas sinceramente acho que vamos tocar-o-pé e passar meio diretão.

5 comentários:

  1. saudades de vcs...boa viagem de volta...volte com atenção...bjs familia shuber...

    ResponderExcluir
  2. Por estar viajando e por um mega pau na net aqui, estou desde o natal sem entrar nestas páginas...agora é ripa na chulipa...quem sabe dá pra Doreta, e porque não o Vicente, passarem um rabinho de férias aqui na fazenda com as meninas...afinal isso é o que poderíamos chamar de férias das férias

    ResponderExcluir
  3. Cassio, parabéns pela linda viagem!
    Tenho acompanhado as aventuras e compartilhado as novidades com a minha vó, que mesmo durona sente muita saudades. Bom regresso.
    Beijos Flora de Assumpção

    ResponderExcluir
  4. Chega logo Tio!
    Vamos fazer uma festa, mas daquelas!!!
    Abs e bjs

    ResponderExcluir
  5. Saudades Flora!
    Fico muito feliz de saber que estão acompanhando, sua vô é uma "tia" do coração, sempre gostei muito da maneira que ela me tratava, em todas as fases da minha vida que convivemos.
    Nunca entendi direito essa separação, mas diz que amo ela! Vamos tentar nos ver na volta, gosto muito de vcs todos: você, Maiá, Mãe Bel e vô Flor.
    Bjs, Cassio (esse é um assunto mais pessoal, mas não tenho seu e-mail...) :)

    ResponderExcluir